REFLEXÃO 08 – COMUNIDADES, MUNDOS VIRTUAIS E JOGOS

redes sociais na Internet

Nome Língua(s) da Rede Descrição/Foco Contador de Membros Registo
Com.Unidade Wiki Português Rede Social que utiliza da inteligência coletiva da população para desenvolvimento de políticas públicas. Acreditam que por mais diferentes que as pessoas sejam é possível encontrar uma Unidade na Diversidade Desconhecido Aberto
Facebook Inglês Maior rede social do mundo[carece de fontes?] 500,000,000 Aberto
Hi5 Inglês Geral 50,000,000 Aberto
Orkut Inglês, Português, Espanhol, Francês, Alemão, Russo, Japonês. Afiliado ao Google, rede social com maior número de membros no Brasil [carece de fontes?]. 120,000,000 Aberto
Sonico Português, Espanhol, Inglês Possui Fórum/Galeria. Site de relacionamento voltado para os povos de língua portuguesa, espanhola e inglesa 43.660.000 Aberto
Windows Live Spaces Várias Blogging (antigo MSN Spaces) 30,000,000[14] Aberto – Utiliza ID Windows Live
Yahoo! 360° Inglês Ligado às IDs do Yahoo! 4,700,000[16] Aberto para pessoas acima de 18 anos

FACEBOOK  é uma rede social lançada em 04 de Fevereiro de 2004. Inicialmente, a  adesão era restrita apenas aos estudantes da Univversidade Harvard. No Facebook você pode se conectar e compartilhar o que quiser com quem é importante em sua vida.

Anúncios

Add a comment 22/11/2010

MUSEU VIRTUAL

OBRAS DE ARTESNão. Nunca visitei um museu virtual. Gostaria muito de poder conhecer um de perto. Acredito que com os museus virtuais fica mais fácil o acesso do aluno às obras de artes. Poderíamos indicar os sites e assim eles visitariam os museus, faziam as pesquisas, visitando as obras e dando a sua opinião.

            Espero que em breve, todos os nossos alunos possam pelo menos ter acesso a um computador para pesquisa, pois sabemos o quanto é difícil esta inclusão digital até para alguns professores.

1 comentário 30/03/2010

INTERAÇÃO

POLITICAS PÚBLICAS: POR UMA EDUCAÇÃO DIGITAL

Sim. Acredito que todos estes programas vêm propiciando uma grande ajuda aos educadores. O governo criou O Portal Domínio Público que é uma biblioteca digital gratuita onde professores, alunos, pesquisadores e a população em geral poderão fazer pesquisas e vários outros serviços.

            O site objetos educacionais http://objetoeducacionais2.mec.gov.br é um site para compartilhar recursos educacionais como: vídeo. Jogos, imagens, animações etc.

A RIVED, http://www.rived.mec.gov.br  tem por objetivo a produção e a difusão gratuita de conteúdos pedagógicos digitais na forma de objetos de aprendizagem. São instrumentos poderoso para estimular o raciocínio, o pensamento.

            O Portal do Professor http://portaldoprofessor.mec.gov.br é uma rede de comunicação entre profissionais da área educativa. No portal inclui um banco de dados dom uma série de links com recursos tecnológicos.

Ale, de todos estes recursos o governo vem pesquisando tecnologias para equipar as escolas com computadores.

 O projeto UCA, um computador por aluno, pretende incentivar a mudança no processo de ensino aprendizagem, possibilitando um maior acesso à informação para estudantes e suas famílias. Os professores também se beneficiam, pois com o uso das máquinas podem se atualizar em suas práticas pedagógicas. O projeto ajuda no atendimento da política nacional de inclusão digital, ao mesmo tempo em que apóia o desenvolvimento da indústria brasileira, já que os equipamentos foram desenvolvidos em território nacional e competem as indústrias locais a distribuição, o suporte, a manutenção o desenvolvimento de software e conteúdos educacionais.

COMO VOCÊ IMAGINA QUE SERÁ A ESCOLA E A EDUCAÇÃO NO FUTURO?

             Estamos vivendo na era da mudança na educação. São vários projetos que beneficiam os alunos, novas tecnologias. Vivemos num contexto de aprendizagem permanente. Para participar desta escola do futuro, o professor deverá estudar sempre e superar a resistência à tecnologia. Não adianta a escola ter equipamentos supermodernos, se o professor não for preparado para gerenciar esta nova situação de aprendizagem.

            Não podemos mais pensar a educação fora do contexto das novas tecnologias de informação e interação. As novas ferramentas tecnológicas estão fazendo com que a escola venha a passar por profunda renovação.

Luzia de Fátima Flávio Guedes

CONCEPÇÕES CONTEMPORÂNEAS DO ENSINO DA ARTE: INCORPORANDO AS NOVAS TECNOLOGIAS.

            A partir da Proposta Triangular, as atividades de arte na escola passam a ter um significado mais complexo, deixando de ser uma atividade incompreendida ou mero passatempo. Ela se articula nos seguintes vértices:

  • Conhecer arte- através do estudo da história da arte o educando compreende que a arte se dá em um contexto de tempo e espaço.
  • Apreciar arte: em contato com objetos artísticos é possível analisá-las desenvolvendo assim as habilidades de ver e sentir.
  • Fazer arte- desenvolvimento das habilidades para criação de objetos/imagens, utilizando as formas existentes e a invenção de outras formas de trabalhar a sua expressão criadora.

 MÉTODO COMPARATIVO: É o trabalho que envolve o conhecer, o apreciar e o fazer através da comparação entre várias obras de arte de diversos períodos para que o aluno perceba as diferenças e as similaridades.

 MÉTODO MULTIPROPÓSITO: Um programa de ensino de arte onde o fazer se dá em função da leitura a obra de arte, articulando com outras áreas do conhecimento de maneira interdisciplinar.

             Nas minhas aulas de artes, tento trabalhar dentro da proposta triangular. Levando os alunos a entenderem a história da arte e colocando os para apreciar e fazer arte, desenvolvendo a sua capacidade de criação.

Add a comment 24/03/2010

NAVEGAR NO CIBERESPAÇO: O PERFIL COGNITIVO DO LEITOR IMERSIVO( Lucia Santeella)

Maria Lucia Santaella Braga é uma pesquisadora brasileira e professora titular da PUC-SP com doutoramento em teoria Literária. Coordena o programa de pós-graduação em tecnologias da Inteligência e Design Digital na PUC-SP.

Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo mostra que há tres maneiras diferentes de se relacionar e compreender informações. A autora categoriza um tipo particular de leitor, cada qual com suas particularidades cognitivas desenvolvidas em função do espaço sociocultural em que vive.

Leitor Comtemplativo: que tem sua origem vinculada à idade pré industrial, que se caracteriza pelo acesso a informação através do livro impresso e da imagem estática, expositiva.

Leitor Movente: é resultante da revolução industrial. É um leitor de um mundo em movimento, dinâmico. É o leitor treinado nas distrações do catidiano, cuja percepção se tornou uma atividade instável, não linear e de intensidades desiguais. É um leitor apressado.

Leitor Imersivo: É um nativo digital. Aprendeu a navegar, fazendo conexões na internet, sem um roteiro preestabelecido. Conectado na tela por meio de movimento vai unindo informações de natureza diversas, criando e experimentando um tipo de comunicação multilenear e labiríntica. Ele é livre para estabelecer sozinho a ordem textual. Este leitor possui ferramentas que com o desenvolvimento da tecnologia e da sociedade, foi surgindo para facilitar a vida do homem e possibilitar novas descobertas.

Luzia de Fátima Flávio Guedes- Artes/teatro/Montes Claros

Add a comment 21/03/2010

INTELIGÊNCIA COLETIVA ( Pierre Levy)

Pierre Levy é um filósofo da informação que se ocupa em estudar as interações entre a internet e a sociedade. Nasceu de uma família Judaica. Fez mestrado em História da ciencia e doutorado em sociologia e ciencia da informação e da comunicação. Segungo Pierre Levy os computadores interligados em redes mundiais podem favorecer o surgimento da Inteligência Coletiva.

” A nova dimensão da comunicação deveria é claro, permitir-nos compartilhar nossos conhecimentos e apontá-los uns para os outros, o que é a condição elementar da inteligência coletiva.” Pierre Levy 

Inteligência coletiva são os conhecimentos mútuo das pessoas, distribuidas por toda parte. O uso da interatividade das comunidades virtuais dos weblogs baseado no acesso à informação democratizada e sua constante atualização. Desta forma todos teriam acesso as informações, mas estas produções não seriam exclusivas de uma pessoa, mas do coletivo. Um princípio onde as inteligências individuais são somadas a compartilhadas por toda a sociedade, potencializando com a chegada de novas tecnologias de comunicação, como  a internet.

Luzia de Fátima Flávio Guedes- Artes/teatro/Montes Claros 

Add a comment 21/03/2010

Páginas

Categorias

Links

Meta

Agenda

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts